Confesso que comecei a escrever por três vezes este artigo e tenho mais nove outros inacabados na minha pasta de conteúdos próprios, dos mais variados assuntos e que indicam dores e soluções que você também pode ter, todos dentro dos padrões de conteúdos eficazes, conteúdos que vendem, mas e ai? Se não sair do papel, de nada adianta!

Isso porque acabei de terminar o artigo de um cliente com mais de 5 laudas (páginas de word) da mais alta relevância para o negócio dele. O que é ótimo, não estou reclamando, apenas evidenciando de como é mais fácil produzir quando se tem prazos estipulados e estratégia bem traçada.

O que me consola é que não sou a única pessoa a vivenciar esse tipo de situação, quantas agências de marketing digital e de conteúdo entregam soluções para os seus diversos clientes e não conseguem comunicar sobre o seu próprio negócio?

As mesmas agências de comunicação e empreendedores que normalmente não conseguem ter um site como gostariam, não tem um blog atualizado, suas redes sociais não são atualizadas com a frequência que deveriam e por aí vai. Todos sofrem com o velho e bom ditado: casa de ferreiro, espeto de pau.

Se você se enquadra nesse perfil, consegue entregar resultados surpreendentes para os seus clientes, sabe dos benefícios de usar de forma correta o marketing de conteúdo, de como o uso dessas ferramentas podem trazer novos clientes e negócios e ainda assim não conseguem produzir os seus próprios conteúdos. Então, tente seguir essas dicas.

Mais ou menos assim: faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço! 

Como fugir do ditado casa de ferreiro e produzir conteúdos próprios?

1 – Tenha disciplina

O marketing de conteúdo está mais relacionado a processos do que a projetos. Portanto, exige disciplina, rotina e só trará resultados se combinado propósitos bem definidos, com frequência de publicações, sequência e relevância desses assuntos, obviamente.

Faça um cronograma de publicações, insira essa rotina no seu próprio plano de trabalho e de entregas, como se você fosse o seu próprio cliente.

Veja esse calendário editorial de produção de conteúdo. O primeiro passo pra você se organizar.

2 – Saiba aonde quer chegar

Não é somente porque o marketing de conteúdo traz resultado que você deve sair publicando qualquer coisa que venha a sua mente. Tenha objetivos claros, saiba o tipo de conteúdo se encaixa em cada momento do seu negócio.

3 – Saiba a quem se destina 

Mesmo que seja em causa própria você deve ter um objetivo e saber a quem se destina o conteúdo. Se é para prospecção de novos clientes? Dicas para empreendedores? Comunicadores? Para gestores? Para aumentar a sua rede de relacionamento ou para buscar mais engajamento? Para mostrar as pessoas próximas o que você realmente faz ou vem fazendo?

Seja qual for o motivo, o seu conteúdo deve ser claro e ter um público bem definido.

 4 – Planeje o assunto com antecedência

Crie a cultura de pautas. Pensar em assuntos referentes ao seu negócio pode se tornar um verdadeiro habito, quanto mais você cria uma rotina de pensar em pautas, mais terá a cultura de enxergar pauta no seu dia a dia. Lembre-se a rotina do seu negócio já é um roteiro de pautas.

Quais os projetos estão em andamento e o que vem em seguida? O que você entregou de resultado? Sua equipe tem gente nova? Quais as projeções do negócio? Você esta em fase de conhecimento, operação ou planejamento. Tem novidades no mundo do marketing digital, como anda os algoritmos das plataformas de distribuição? Seu mercado de atuação está em alta e novos investimentos estão acontecendo? São alguns exemplos de pauta, que pensei automaticamente.

Como pode ver, tem pauta para tudo. Da hora que você acorda até a hora em que você vai dormir. Basta criar o habito!

Portanto, comece a esboçar algo, não perca as ideias e fique atento aos fatos cotidianos. O conteúdo de hoje não precisa ser o melhor e mais importante da sua vida, ele só precisa ser estruturado – ter começo, meio e fim – e sair do papel; além de saber qual o propósito dele e a quem se destina.

No mais é rotina e processos! Ufa, saiu 😀

Se você também produz conteúdos e traz soluções em marketing digital para muitos clientes, mas não consegue escrever o seu. Ou se faz qualquer outro negócio e gostaria de produzir mais conteúdos, deixe seu comentário. Será um prazer continuar essa conversa.

Abraços e até a próxima!

…………………………………………………………………………………………………………………………………

A INBOX CONTEÚDO tem soluções em CONTEÚDO DIGITAL completas, de acordo com o tamanho do seu negócio, que envolvem: diagnóstico, planejamento de comunicação, gestão e operação de conteúdo, além de um trabalho exclusivo como ghost writer para executivos, empreendedores e empresários. vamos tomar um café?

Esse artigo foi originalmente publicado no Linkedin da Fernanda Lage